#147 Hora Queer – Expressões da sexualidade: limites entre arte e pornografia

Enquanto pessoas LGBTQIA+ as expressões das nossas sexualidades são carregadas de estigmas e repressões. Nossos processos de relação com o próprio corpo e com o corpo do outro são marcados por tabus, e falta de informação de qualidade. Mas isso é assunto pra outro dia, hoje queremos entender as expressões dos nossos desejos de forma artística, e nesse contexto de querer expressar nossos desejos nos perguntamos: Qual é o limite que separa o erótico da pornografia? O que é considerado arte e o que é definido como perversão? Até onde definimos certo e errado por um olhar moralista?

No Hora Queer #147 Alice Santos e Rodrigo Retika te convidam a chegar juntinho da gente pra discutir sobre expressões da sexualidade e os limites entre o erótico e a pornografia, se é que eles existem.

Apoie nosso projeto no Apoia.se

Siga Rodrigo Retka (Twitter e Instagram), Alice Santos (Twitter e Instagram) e Dimitra Vulcana (Twitter e Instagram).

Convidados:
Filipi Chagas (Falo Magazine) – IG: @falomagazine / www.falomagazine.com
Rodrigo Hipolito (Nãopod Tocar): https://notamanuscrita.com/ / https://twitter.com/lhamanalama
Marília Souza – IG: @mari_liass

Na introdução do episódio temos o poema Do Desejo V escrito e narrado pela autora Hilda Hilst: